Culto aos Antepassados

Esta página é dedicada às pessoas queridas que não estão mais entre nós.

Há pessoas especiais por quem nutrimos um carinho especial e imensa gratidão, tais como parentes e amigos. Muitos deles já passaram para o plano espiritual e não podemos oferecer-lhes presentes materiais, pois não teriam utilidade alguma no mundo em que agora vivem.

Se lhes oferecêssemos presentes materiais, com certeza o faríamos escolhendo um presente adequado, que de alguma forma expressasse o amor e gratidão que sentimos por eles. De qualquer maneira, podemos dizer que nenhum presente material que possamos lhes oferecer poderia pagar pelo que eles fizeram por nós. Então ofereçamos orações para eles

VÓS SÓIS AS MÃOS DO CRISTO
Cristo não tem atualmente sobre a terra nenhum outro corpo se não o teu;
Nenhuma outra mão senão as tuas;
Tu és os olhos com os quais a compaixão do Cristo deve olhar o mundo;
Tu és os pés com os quais ele deve ir fazer o bem;
Tu és as mãos com as quais Ele deve abençoar os homens de hoje.
Santa Teresa D’Ávila

O Reiki Shuey Phura® é um sistema de uso especifico para trabalhos de cunho espiritual tais como: mediúnicas, culto aos antepassados, etc., onde o eixo é o resgate, encaminhamento e ajuda para entidade espiritual em foco.

 

Shuey Pura é doação de amor e compaixão por nossos irmãos que não estão mais fazendo parte do mundo material.

Sistema que usa o Usui Shiki Ryoho como base fundamental. Os sintonizados nesta linhagem tem que ter pelo menos o nivel I do Reiki.

O Sistema Shuey Phura®. utiliza 3 símbolos específicos:
O Yan Shin: para uso em desobsessão espiritual.
Hio Yin: para resgate de seres em regiões umbralinas e ajuda no processo de desencarne e Bardo.
Shan Ze Nan: iniciações.

Este sistema foi transmitido em 04 de janeiro de 2002, as 21 horas, durante a iniciação de Nivel 1 do Sistema Usuy Shiki Ryoho de Lucineide Conceição Leal (canalizadora), para o Reiki Master Carlos Vilmar Oliveira Souza, pelos mestres de Reiki Shuey Phura Isayto e Icao Lea da Comunidade Etérica Espiritual Shuey Phura – localizada em uma área sobre a cordilheira do Himalaia nas proximidades do Tibet -, ocasião a qual os mestres passaram as diretrizes deste sistema.

O Sistema não é passado em seminários. A indicação de quem dever receber a sintonização é feita pela espiritualidade, através de canalização, durante a iniciação nos níveis do Reiki tradicional.

Aos nossos antepassados, amigos/as parentes queridos/as que já estão no mundo espiritual oferecemos as orações:

PAI NOSSO

Pai nosso, que estais nos Céus,
santificado seja o vosso nome,
venha a nós o vosso reino,
seja feita a vossa vontade, assim na terra, como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje,
perdoai-nos as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido,
e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.
Amém!

PAI NOSSO EM ARAMAICO

Abwun d’bwashmaya
Nethgadash shmakin 
“Teytey malkuthakh
Nehwey tzevyanach, aykanna d’bwashmaya aph b’arha. 

Hawvlan lachma d’sunqanan Yaomana. 
Washboqlan khaubayn (wakhtahayn) aykana daph khnan shbwoqan l’khay yabayn. 

Wela tahlan I’nesyuna 
Ela patzan min bisha 
Metol dilakhie malkutha wahayla wateshbukhta 
I’ahlam almin. 
Ameyn”

A GRANDE INVOCAÇÃO

Do ponto de Luz na Mente de Deus
Flua luz às mentes dos homens.
Que a Luz desça à Terra.

Do ponto de Amor no Coração de Deus
Flua amor aos corações dos homens.
Que o Cristo volte à Terra.

Do centro onde a vontade de Deus é conhecida
Guie o propósito as pequenas vontades dos homens –
O propósito que os Mestres conhecem e a que servem.

Do centro a que chamamos raça dos homens
Cumpra-se o Plano de Amor e Luz.
E que ele vede a porta onde mora o mal.

Que a Luz o Amor e o Poder restabeleçam o Plano na Terra.

ORAÇÃO REIKIANA

Deus, meu Deus;
(Pai e Mãe de todos nós)
fonte única e verdadeira de onde provem toda força e luz, ofereço-Te minha mãos ao serviço amoroso de tua infinita Energia.

Reverenciando meus antepassados, meus mestres (visíveis e invisíveis), meu santo anjo da guarda, os Santos Arcanjos de Deus (Miguel, Gabriel e Rafael) e aos mestres do Reiki; 
peço humildemente que seja iluminado, protegido e direcionado da melhor forma possível na canalização do Reiki; 
para o máximo bem de todos, segundo Tua vontade e revelação da Tua divina glória. 

Amém.

ORAÇÃO REIKIANA 2

Deus, permita que minhas mãos sejam sempre mãos que curam, Que através delas sua vida possa irradiar para diminuir a dor, Para renovar a paz e a cura sempre que necessário.

Deus, permita que minhas mãos produzam por meio de seu toque, Alguma essência do seu amor, fluindo através delas para dar conforto e alegria.

Deus, ofereço minhas mãos como um canal, use-as como seus instrumentos de cura.

Amém

AVE MARIA

Ave Maria
Ave Maria, cheia de graça,
o Senhor é convosco,
bendita sois vós entre as mulheres
e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.
Santa Maria, Mãe de Deus,
rogai por nós pecadores,
agora e na hora da nossa morte.
Amém!

SALVE RAINHA

Salve Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve!
A vós bradamos, os degredados filhos de Eva;
a vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei;
e depois deste desterro nos mostrai Jesus, bendito fruto do vosso ventre.
clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas do Cristo. 
Amém!

ORAÇÃO AOS ANTEPASSADOS

Por Bert Hellinger

Gratidão queridos pais, avós e demais ancestrais por terem tecido o meu caminho, imensa gratidão pela imensidão dos seus sonhos que, de alguma forma, são hoje a minha realidade.

A partir deste ponto e com muito amor, dou luz à tristeza que houve nas gerações passadas, dou luz à raiva, às partidas prematuras, aos nomes não ditos, aos destinos trágicos.

Dou luz à flecha que cortou caminhos e tornou a calçada mais fácil para nós.
Dou luz à alegria, às histórias repetidas várias vezes.
Dou luz ao não dito e aos segredos de família.
Dou luz às histórias de violência e ruptura entre casais, pais e filhos e entre irmãos e que seja o tempo e o amor que volte a unir.
Dou luz a todas as memórias de limitação e pobreza, a todas as crenças desestruturantes e negativas que permeiem o meu sistema familiar.

Aqui e agora semeio uma nova esperança, alegria, união, prosperidade, entrega, equilíbrio, ousadia, fé, força, superação, amor, amor e amor.

Que todas as gerações passadas e futuras sejam agora, neste instante cobertas com um arco-íris de luzes que curem e restaurem o corpo, a alma e todos os relacionamentos

Que a força e a bênção de cada geração alcance sempre e inunde a geração seguinte.

Assim seja. Assim é!

Prece pelos desencarnados, que continuam vivos, mas precisando muito das nossas orações...

Pai!… Ao longo da vida fui devolvendo à Ti muitos daqueles que amei… Um a um, às vezes os mais idosos, as vezes os mais jovens, foram retornando para casa, deixando para trás saudades que até hoje me é difícil suportar; flores que trocastes de jardim, deixando em seu lugar o silêncio e a solidão… Hoje quero pedir por eles, a todos que de uma forma ou outra estiveram ligados à mim nesta encarnação, para que os abençoe e guarde, a fim de que encontrem paz e serenidade no mundo espiritual.

Muitos deles, Senhor, não obstante o coração generoso, afastaram-se do corpo através de enfermidades dolorosas e incuráveis que lhes minaram as forças até o final, deixando na memória de todos o exemplo da coragem e da fé em Teus desígnios, sem esmorecimento…

Outros, Senhor, desiludidos com as provas que lhes cabiam na derradeira existência, não suportaram e sucumbiram, afastando-se da carne pelo suicídio ou pelas drogas, arcando assim com o agravamento dos débitos que lhes diziam respeito e por isso mesmo infinitamente mais infelizes que antes…

Outros, Pai, deixaram para trás os mais belos e santos laços desencarnando em pleno vigor juvenil, desfazendo-se assim de pesados grilhões passados e retornando com a leveza das aves para os ninhos Superiores, para descansar e prosseguir…

Outros ainda, Senhor, deixaram o corpo como quem abandona fardo inútil após cumprida a tarefa, enveredando-se pelos caminhos da felicidade engalanados de luzes e valores, conquistados pelo trabalho santo a que se dedicaram na Terra, em favor de todos os seus semelhantes…

Representaram muito para mim… Para alguns eu pude dizer “te amo”, para outros não… No entanto, pela importância que tiveram em minha vida, o meu amor há de lhes ser carinho constante no além, porque acredito que nada se desfaz com a morte do corpo, pelo contrário, se fortalece…

Que hoje, eu possa levar a todos eles o meu pensamento de ternura e gratidão, para que saibam, estejam onde estiverem, que não estão esquecidos na Terra, habitando em minha lembrança e em meu coração com a mesma força e a mesma sinceridade de antes!

PRECE DE CÁRITAS

Deus nosso Pai,
que Sois todo poder e bondade,
dai força àqueles que passam pela provação,
dai luz àqueles que procuram a verdade,
e ponde no coração do homem a compaixão e a caridade.

Deus,
dai ao viajante a estrela Guia,
ao aflito a consolação,
ao doente o repouso.

Pai,
dai ao culpado o arrependimento,
ao espírito, a verdade,
à criança o guia,
ao órfão, o pai.
Que a vossa bondade se estenda sobre tudo que criaste.
Piedade, Senhor, para aqueles que não Vos conhecem, e
esperança para aqueles que sofrem.
Que a Vossa bondade permita aos espíritos consoladores, derramarem por toda à parte a paz, a esperança e a fé.

Deus,
um raio, uma faísca do Vosso divino amor pode abrasar a Terra, deixai-nos beber na fonte dessa bondade fecunda e infinita, e todas as lagrimas secarão, todas as dores acalmar-se-ão.
Um só coração, um só pensamento subirá até Vós,
como um grito de reconhecimento e de amor.
Como Moisés sobre a montanha,
nós Vos esperamos com os braços abertos.
Oh! bondade, Oh! Poder, Oh! beleza, Oh! perfeição,
queremos de alguma sorte merecer Vossa misericórdia.

Deus,
Dai-nos a força no progresso de subir até Vós,
Dai-nos a caridade pura,
Dai-nos a fé e a razão,
Dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas
O espelho onde refletirá um dia a Vossa Santíssima imagem.

ORAÇÃO AOS QUE PARTIRAM RECENTEMENTE

“Senhor Todo-Poderoso, que vossa misericórdia se derrame sob nossos irmãos que acabam de deixar a Terra!

Que brilhe a vossa luz aos seus olhos!

Tirai-os das trevas, abre os seus olhos e os seus ouvidos!

Que os bons espíritos os envolvam e lhes façam ouvir suas palavras de paz e de esperança!

Senhor, por mais indignos que sejamos, temos a ousadia de implorar a vossa misericordiosa indulgência em favor deste nosso irmão que acabais de chamar do exílio.

Esquecei, ó meu Deus, as faltas que tenha cometido, para vos lembrardes somente do bem que pôde fazer!

Imutável é a vossa justiça, bem o sabemos, mas imenso é o vosso amor!

Nós vos suplicamos que abrandeis a vossa justiça fonte de bondade que emana de vós!

Que a luz se faça para ti, meu irmão que acabas de deixar a Terra!

Amém!

A importância de orar pelos antepassados

“O amor e a gratidão são os sentimentos que melhor captam as vibrações curativas da Vida…”Seicho-No-Ie é o Modo de Viver Feliz, que retira o sofrimento do homem e lhe ensina a viver com Plena Liberdade. Cura Divina! Praticando esse ensinamento podemos nos curar de todas as mazelas recorrentes e moldar nosso destino conforme nosso Desejo Sincero.

A Prática da Gratidão é uma prática de Amor a Deus e oferenda em reconhecimento pelas infinitas dádivas, d´Ele recebidas. Dentro todas essas dádivas, não há dúvidas de que a mais importante é a Vida, e é a essa Vida que reverenciamos, uns nos outros, através do ato de Viver. Essa vida não tem começo nem fim, não morre nem desaparece, essa Vida é Deus, e é, por si, a única Existência.

Nossa manifestação neste plano tem origem num solo mais profundo, e transpassa o nascimento de nossos pais. Nossos avós, bisavós… Enfim, todos os nossos antepassados são os grandes responsáveis por essa oportunidade que ora nos é dada a viver.

O homem em seu aspecto aparente é um corpo carnal e por isso um dia terá de morrer. Mas a essência do homem é imortal, eterna e jamais perece. Ao tomarmos conhecimento desse fato, compreendemos que os nossos antepassados e entes queridos continuam vivos em um outro plano, chamado Mundo Espiritual, e continuando, assim, sua jornada de crescimento e evolução.

“…ensinai a eles a imagem verdadeira da vida, ensinai que a imagem verdadeira da vida é o próprio Deus e é perfeição, ensinai que neste mundo não há pecado que tenha sido cometido, nem há pecado a ser resgatado, porque Deus é o Todo, porque Deus não cria o pecado, porque não há outro criador senão Deus.” (Sutra Sagrada Palavras do Anjo)

Fazer com que esses espíritos tomem conhecimento da Verdade Homem, filho de Deus e orientá-los para que atinjam o estado espiritual de liberdade plena e original é a maior prática de doação que os descendentes podem oferecer aos antepassados.” (Mundo Espiritual e o Destino do Homem – Masaharu Taniguchi – Prefácio)

Publicamos a seguir um roteiro de oração básica para adeptos iniciantes que desejam manifestar seu sentimento de amor e gratidão aos espíritos dos seus antepassados e entes queridos também em sua residência. É um roteiro simples e fácil de seguir, possível de ser realizado por qualquer pessoa. Mas o mais importante de tudo é orar com profundo sentimento de gratidão, e com toda a sinceridade e amor.

Roteiro da Oração de Gratidão aos Antepassados * Roteiro para Leitura da Sutra Sagrada às almas dos antepassados e Roteiro da Oração de Gratidão aos Antepassados * Para saber mais, procure a regional, núcleo ou associação local da Seicho-No-Ie mais próximo de sua residência e converse com um preletor da Seicho-No-Ie, que dará a orientação necessária.

Parabéns por tomar essa decisão de Oferecer a Sua Gratidão.

Fonte: http://www.sni.org.br/culto_antepassados.asp

Nome das pessoas que já partiram

  1. Ademir Muniz da Silva
  2. Adriano da Silva Bernardino
  3. Aidyl Fontes
  4. Alayde Rosa Fontes
  5. Alberto Caldas Campos
  6. Anna Ritta
  7. Anphilophio Fontes
  8. Antonio Bernardino Filho
  9. Antônio Fontes
  10. Anya Campos Ribeiro
  11. Araceli Fontes dos Santos
  12. Bernardo Cardoso Mira
  13. Carine de Andrade Andrade
  14. Carlos Alfredo Farran
  15. Carlos Batista dos Anjos
  16. Dalmacia Falcão de Campos
  17. David Brasil Fonseca
  18. Dermeval de Souza Lopes
  19. Edilce Peixinho Mira
  20. Edimundo Falcão de Campos
  21. Fábio Bacelar Viterbo
  22. Gervásio Batista Barreto
  23. Gumercinda de Santana Barreto
  24. Helena de Santana Gama
  25. Humberto Falcão de Campos
  26. Iraci Brasil Fonseca
  27. Joel Carvalho Fonseca
  28. José Novaes Santos
  29. Jurimar Nolasco de Souza
  30. Luiz Henrique de Oliveira Xavier
  31. Maria Araújo Cunha
  32. Maria Celeste Peixoto Vieira de Melo Batista Soares
  33. Maria da Conceição Campos Rocha
  34. Maria Genoveva Queiroz de Souza
  35. Maria Inez de Campos Fontes
  36. Maria Juvanete Moreira Gonzaga
  37. Maria Lúcia Falcão de Campos
  38. Maria Souza dos Anjos
  39. Maria Terezinha Barreto Fontes
  40. Marli Kahalil Pimentel
  41. Matilde Augusta Matos
  42. Neilton Luiz Góes dos Santos
  43. Olga Maria Correia da Silva
  44. Olga Mota
  45. Paulo Roberto Hilarião
  46. Rita de Cássia Hilarião 
  47. Rosa Correia da Silva
  48. Tatiane Souza
  49. Terezinha de Jesus Falcão de Campos
  50. Valdemira America da Silva
  1. Ana Maria Carneiro (Aninha de D. Helena – Flor)
  2. Angélica Ribeiro dos Santos
  3. Antônia Nolay de Lima Moreira
  4. Antônio Luiz Ramos Cedraz
  5. Aracy Tanan
  6. Djalma Rosa Torres
  7. Eliene Gondim
  8. Elson Barreto Santos
  9. Francisco Martins
  10. Jaci Novaes Santos (minha madrinha, irmã de Zé Novaes)
  11. Jailton Abreu (Buty)
  12. Joana Nascimento (Joanice tia de Rob)
  13. Lúcia Sales Pereira
  14. Maria José Menezes Bispo (Lé)
  15. Maria Menezes Bispo
  16. Maurício Magalhães
  17. Neilton Souto da Silveira
  18. Núbia Silva
  19. Paulo Afonso Lopes Cunha
  20. Renilda Sampaio
  21. Salvelina Sena Costa Bacelar
  22. Sergio Ricardo Santana Lima
  23. Tânia Nardes
  24. Zenaide do Nascimento
  1. Alicia Gonçalves Santos (caixa assassinada em Valéria)
  2. Carlos Eduardo Barcelos Sabino
  3. Carlos Rodeiro
  4. Carmen do Nascimento (Tia de Rob)
  5. Edson Araújo Queiroz
  6. Edval Lopes da Silva (Irmão de Dudu)
  7. Elias Barbosa da Costa
  8. Fran Demétrio
  9. Francisco Pessoa
  10. Francisco do Nascimento (Chiquito)
  11. Glerton Luis Mota Maia
  12. Honorina Sales Pereira
  13. Isabel Lopes Cunha 
  14. Isaltina
  15. Isolina
  16. José do Nascimento
  17. José Feliciano Bispo (Seu Zeca)
  18. José Luiz Almeida da Silva (Jotinha)
  19. Lucas Souza Araújo 
  20. Mãe de Jó do Resgate
  21. Mãe de Guto, amigo de Zeca
  22. Manoel José Vieira
  23. Marlon Maia
  24. Missinho
  25. Osvaldo Pimentel
  26. Osvaldo Ramos da Silva
  27. Rafael Coury
  28. Raimundo Nonato Santos
  29. Raimundo Silva Gomes
  30. Romana
  31. Rosalva Novaes Santos (mãe de Zé Novaes)
  32. Sr. Novaes, pai de Zé Noves
  33. Thaís Borges
  34. Israel Carneiro da Silva (Tuca amigo de Vilane)
  35. Zelita Merces
  36. Zuzu
  1. Abinet Oliveira da Silva (titio materno)
  2. Abisai Oliveira da Silva (titio materno)
  3. Alfredo Ferreira Souza  (tio paterna)
  4. Anatael Oliveira da Silva (titio materno)
  5. André Lima Oliveira (avo materno)
  6. Antônio Alves da Silva  (bisavô materno)
  7. Antônio Alves da Silva Filho (titio materno)
  8. Arão Oliveira da Silva (titio materno)
  9. Avelino Lima Oliveira (titio materno)
  10. Blandina de Oliveira Silva (avó materna)
  11. Cecília Nunes de Oliveira (bisavó materna)
  12. Celso Ferreira Souza (meu pai)
  13. Celso Vagner Oliveira Souza (meu irmão)
  14. César Vanderlei Oliveira Souza (meu irmão)
  15. Davina da Silva Araújo (titia materna)
  16. Delza Ferreira Souza (tia paterna)
  17. Divone Ferreira Souza (tia paterna)
  18. Edmundo Silva Oliveira (tio materno)
  19. Eliziária Ferreira da Silva (mãe da minha avó – Bisavó paterna)
  20. Euclides Evangelista de Souza (avô paterno)
  21. Francisco Ferreira de Oliveira (pai da minha avó – Bisavô paterno)
  22. Iolanda de Oliveira Silva (titia materno)
  23. Maria de Lurdes Lima Oliveira (titia paterna)
  24. Maria de Lourdes Barreto (minha mãe de coração)
  25. Maria Maximiniana Souza (mãe do meu avô – Bisavó paterna)
  26. Joaquim Marcolino de Souza (pai do meu avô – Bisavô paterno)
  27. Joaquim Ferreira da Silva (pai da minha avó – bisavó paterna)
  28. Lucia Ferreira de Souza (avo paterna)
  29. Luiz Lima Oliveira (titio paterno)
  30. Maria Jane Silva Oliveira (tia materna)
  31. Mariêtta Alves da Silva (Paes Cardoso) (bisatia materna)
  32. Profeta Jonas Ferreira de Souza (tio paterna)
  33. Salvelina Ferreira Souza (tia paterna)
  34. Sidney Pereira Lima (cunhado)
  1. Adelina Nunes Oliveira (bisa tia materna)
  2. Adilvo Pinheiro França (marido de prima)
  3. Ana Maria da Silva Lima (prima segundo grau)
  4. Antônia Carneiro de Lima (trisavó materna)
  5. Antônio Alves Carneiro (tetravô materno)
  6. Antonio Alves da Silva Neto (primo segundo grau)
  7. Antônio Alves de Oliveira (tetravô materno)
  8. Antônio Carlos Alves da Silva (primo segundo grau)
  9. Antônio Francisco de Lima
  10. Antônio Francisco de Oliveira
  11. Antônio Lima Oliveira
  12. Antônio Nunes Oliveira
  13. Diego Araújo Mendes (primo terceiro grau)
  14. Duvirges Nunes de Oliveira
  15. Fernando Antônio da Silva Lima (primo segundo grau)
  16. Filadelfo Ferreira de Araújo (marido de tia)
  17. Genário Oliveira Costa (primo terceiro grau)
  18. Genésio Oliveira Costa (primo terceiro grau)
  19. Genilda Costa Silva (primo terceiro grau)
  20. Gerson Oliveira Costa (primo terceiro grau)
  21. Gesil Nunes Antunes (primo terceiro grau)
  22. Glaphira Ramos da Silva (primo terceiro grau)
  23. Helena Lima Oliveira (titia materna – imã do meu avo materno)
  24. Ignácia Maria de Jesus Alves da Silva (tetravó materna)
  25. Joana de Lima Carneiro (trisavó materna – mãe do meu avô)
  26. João de Freitas (João Licuri casado com prima Maria Edistia)
  27. João Nunes de Oliveira
  28. Joaquim Moreira da Silva Carneiro
  29. Joaquim Nunes Oliveira
  30. José Baptista Carneiro
  31. José Candido Ramos da Silva (segundo marido de Vó Edistia)
  32. José Candido Ramos Filho (primo terceiro grau)
  33. José Nunes Oliveira
  34. José Paes Cardoso (titio Miroró, casado com titia Lietinha)
  35. José Tomé de Lima Filho
  36. José Sérgio da Silva Lima 
  37. Joselita Alves Paes Cardoso
  38. Josias Nunes Oliveira (titio irmã de bisavó materna)
  39. Jovelina Lima Oliveira (titia irmã de avó materna)
  40. Julieta Onofre (tia casada com titio materno)
  41. Justino Alves da Silva (trisavó materno)
  42. Leopoldina Nunes Gordiano (tetra avó materna)
  43. Lígia Nunes (prima terceiro grau)
  44. Lindalva Oliveira da Silva (prima terceiro grau)
  45. Luiz Carlos Silva Araújo (primo segundo grau)
  46. Luiza Prudenciana
  47. Manoel Anízio Oliveira da Silva (primo terceiro grau)
  48. Manoel Francisco de Oliveira
  49. Manoel Nunes Oliveira (tio irmão da bisavó materna)
  50. Manoel Paes Cardoso 
  51. Manoella Angélica de Jesus (tetravó materna)
  52. Maria da Representação
  53. Maria das Graças Pinheiro Oliveira (esposa tio materno)
  54. Maria dos Anjos Angélica (Trisavô materna)
  55. Maria de Jesus Santos
  56. Maria Edístia Ramos da Silva (Ramos Freitas) (prima terceiro grau)
  57. Maria Edístia Ramos Mangabeira (Vó madrastra paterna)
  58. Maria José Paes Trindade
  59. Miguel Nunes Oliveira (primo terceiro grau)
  60. Pedro Alves da Silva (tetravô materno)
  61. Perolina Lima Oliveira (tia casada com irmão gemeo do meu avô materno)
  62. Porcina Paes Cardoso (mãe de tio Miroró)
  63. Raquel Silva (Quelita) (titia casada com titio materno)
  64. Redogina Maria de Lima (pentavó materna)
  65. Ricardo Moreira da Silva Carneiro 
  66. Sônia Nunes (prima terceiro grau)
  67. Vanda Vilalva Ribeiro (tia de consideração, madrinha de tia Avany)
  68. Walter Nunes (primo terceiro grau)
  69. Wilson Ramos da Silva (primo terceiro grau)
  70. Zuleika Ramos da Silva (primo terceiro grau)

Sitaram Reiki - sino com 3 minutos

Pai Nosso - em Aramaico

Envie o nome da pessoa que você quer reverenciar

“A morte não é nada. É somente uma passagem de uma dimensão para outra. Eu somente passei para o outro lado do caminho. Eu estou, agora em uma outra vida, não podem atormentar essa minha passagem com tristeza e lágrimas. Eu tenho que ter muita paz para purificar minha alma e andar tranqüilo pelos jardins da dimensão que me encontro.”

Santo Agostinho

Fechar Menu